Menu

Vidro para ambientes compactos

Wednesday, 22 June 2016. Publicado na Seção: Tendências

Decorador catarinense mostra como o material pode ser aliado em projetos com metragens cada vez menores

fotoNotícia 1
O projeto ideal de apartamento para um jovem casal. Essa foi a missão dada para o decorador Marcus Vinicius Pinheiro, da Mendonça Pinheiro Interiores, que está se tornando especialista em transformar os ambientes cada vez mais compactos em soluções funcionais que não abrem mão do conforto. Para dar conta, ele apostou – e muito – em vidros e espelhos para um projeto na cidade de São José, na Grande Florianópolis. E admite, esses são materiais que ele faz questão de usar em suas criações.

“As vantagens de usar vidros e espelhos são inúmeras. Vão desde a facilidade na limpeza, quanto na instalação, na resistência à umidade e infiltrações, variedade de cores e estilos, sem falar nas diversas opções que eles oferecem para aplicações, fachadas, áreas externas, cozinhas banheiros, entre outros”, destacou o decorador.

Ele explica que os clientes fazem questão do vidro tanto na forma decorativa quanto para a solução de algum projeto. “Atualmente, com a exigência cada vez maior de um desempenho térmico e acústico satisfatório nas edificações, precisamos ficar muito atentos quanto ao tipo de vidro que vamos adotar. Quanto à preocupação com a limpeza e conservação, hoje temos os vidros autolimpantes, com tecnologia capaz de aproveitar a energia dos raios UV e a força da água da chuva para dispersar, com eficiência, a sujeira que se acumula sobre a superfície externa do vidro”, recomenda o decorador, lembrando que essas novidades no setor vidreiro ainda reduzem custos limpeza e manutenção.

Para Marcus, o vidro pode ser um aliado para setorizar os espaços, assim como para substituir os revestimentos cerâmicos em cozinhas e banheiros. No caso do apartamento em São José, a aposta está na mesa com tampo de vidro e nos espelhos que ganham toda a extensão da parede. “Na minha opinião, o vidro e o espelho proporcionam uma sofisticação incomparável.”
 

Saiba mais sobre o projeto

A suíte do casal foi planejada com esmero. Tons claros e o closet espelhado aumentam a sensação de amplitude do cômodo de 13,10 m² ao mesmo tempo em que estimulam a sensação de paz e tranquilidade. Destaque para a bancada de maquiagem com puff feito à mão e a cabeceira estofada. O banheiro da suíte, de 3,20 m², segue a linha clean, em sintonia com a composição da suíte.

No hall de entrada, a composição de molduras disposta sobre a parede cinza é inspiradora para quem gosta de uma pitada de criatividade na decoração. Outro elemento usado para dar mais charme ao hall é uma cômoda de desenho clássico, realçada por um belo tom de amarelo.

A compacta cozinha de 5,98 m², integrada com as áreas de estar e jantar, foi equipada com eletrodomésticos em inox e armários planejados para otimizar o espaço. A bela bancada esculpida em Quartzo Stone Branco Stellar, além de sofisticada, é de fácil manutenção - perfeita para a correria do dia a dia.

Na sala de jantar, destaque para as peças que fazem composição com a mesa central: o banco alemão, as confortáveis cadeiras azuis feitas exclusivamente para o projeto e o lustre clássico, com delicados pendentes em cristal.

A sala de estar ganhou uma rack com design assinado pelo escritório Mendonça Pinheiro Interiores. Marcus, responsável pelo processo de criação, conta que “o móvel foi desenhado para abrigar todos os equipamentos solicitados pelo casal: uma adega, uma lareira elétrica e equipamentos de áudio e vídeo”. O sofá do ambiente, também produzido sob encomenda, tem assentos retráteis e foi decorado com almofadas revestidas com os mesmos tecidos usados no banco alemão e nas cadeiras da sala de jantar.

“Este projeto é o exemplo perfeito de que é possível criar espaços funcionais e aconchegantes em imóveis de metragens menores, tendência no mercado imobiliário. A dica para os noivos que estão investindo na casa própria é que conversem com seu decorador para juntos chegarem ao resultado mais próximo da perfeição na concepção do novo lar”, conclui Marcus.

Publicidade